Instruções e ensino marcaram a manhã do terceiro dia de #JPNBRASIL10

A manhã do terceiro dia dos Jovens Para as Nações foi de muita instrução e ensino. No primeiro momento, houve a ministração do Pr. Noberto Cunha e no segundo de Jannayna Albuquerque. O louvor ficou por conta do Grupo Invictus composto pelos Jovens de Pedra de Guaratiba-RJ, com a participação do louvor dos jovens da Igreja Verbo do Jardim Paulistano – CG.

Image may contain: one or more people, people on stage, people standing and crowd

O culto iniciou com os 30 minutos de oração da Equipe Ore JPN. Todos intercederam por motivos como pela saúde dos jovens, para que o Espírito Santo tenha liberdade e encontre corações acessíveis, pelos cristãos perseguidos e pelas nações.

Image may contain: 2 people

O Pr. Noberto Cunha foi o ministro da primeira parte do culto e trouxe muito conselho sobre suas experiências de vida. Ele falou sobre a importância de um chamado na vida dos jovens e sobre escolhas que nunca podem estar acima do chamado de Deus. Frisou também a respeito de ganhar almas, que não é apenas quando pessoas  confessam Jesus na sua frente, mas toda a construção para que isto aconteça um dia.

Image may contain: 1 person, standing

“Ganhar almas é quando você fala de Jesus para alguém. Aonde você estiver você pode sim ser um ganhador de almas com a tua própria vida. Seja sensível. Você deve ser um multiplicador.”

Seguiu destacando o texto em Mateus 5:16 “Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus. Há uma luz em você que reflete a glória de Deus em sua vida para outras pessoas.”

Ele continuou falando que não podemos apressar coisas que vão determinar outras em nossas vidas, para que não sejamos como uma fruta amadurecida antes do tempo, através do carbureto. Destacou que existe uma estação para cada coisa.

“Você precisa saber a estação certa do tempo de Deus. Não devemos pular etapas.”

Utilizou como exemplo uma edificação, na qual quando existe um problema na estrutura de cima, é possível resolver mais facilmente, mas se o problema for na fundação, tudo vai dar errado e será preciso retornar ao início. Não é a vontade de Deus que coisas sejam apressadas, fora do tempo e da estação de Deus.

“Reveja como você está trabalhando na fundação. Não se interesse por um ambiente que não foi preparado pra você.”

Ele ainda falou sobre um exemplo que fez sucesso, o da tapioca. Que tenhamos cuidado para não achar que somos a tapioca pronta, enquanto existe algo por trás, uma construção, a preparação para que a “massa” fique pronta, desde quando era parte de uma mandioca.

Image may contain: 1 person

Pr. Noberto também relatou o texto em Lucas 24:49: “E eis que sobre vós envio a promessa de meu Pai; ficai, porém, na cidade de Jerusalém, até que do alto sejais revestidos de poder.” A convocação foi para que todos saiam da periferia de Jerusalém, porque Deus sabe o tempo de cada coisa e Ele quer que desfrutemos do melhor dEle, a Jerusalém dEle para nós.

Finalizou destacando que na igreja o tempo deve ser trilhado com cuidado e zelo, que devemos nos preparar para sermos melhores para os outros e construir nossa vida com caráter, comportamento, submissão e maturidade.

No segundo momento de ministração, Jannayna Albuquerque iniciou falando sobre a frieza espiritual em que muitos estão vivendo e que precisamos atentar que a velocidade de sua maturidade espiritual é algo que depende apenas de você. Não depende mais de Deus!

Image may contain: 1 person, smiling, standing

Continuando a manhã de conselho, ela destacou que precisamos aprender a dizer “não” ao que precisa ser dito, não importando no que aquilo irá implicar. Precisamos ter atitudes de nobreza e diligência.

“Existem algumas perdas que são ganhos.”

Ela destacou que uma parte muito significativa de você ser igreja, além de ter uma boa alimentação espiritual mesmo em tempos difíceis, é também fazer o que Deus tem colocado em seu coração.

Finalizou falando sobre o seu projeto, o Deixai Vir, que propõe levar salvação ao coração de meninas carentes, ensinando-as sobre a Palavra, fortalecendo-as espiritualmente e naturalmente. Inclui aulas de reforço escolar, tratamento dentário, assistência psicológica, lazer, o alcance das famílias dessas crianças com cestas básicas e ainda o conquistá-las pela palavra e testemunho.

“Queremos trazer alívio para a vida sofrida que levam.”

Relatou que desde que nasceu de novo, sempre observou o sofrimento infantil a partir de suas experiências. “Comecei a desejar ajudar e aliviar a vida difícil de quantas crianças for possível. Há cerca de 5 anos, Deus trouxe isso à tona através de uma palavra de conhecimento dada a mim. Todo esse tempo estive tentando começar, até que agora, finalmente aconteceu.”

O projeto atualmente está funcionando no espaço Maanaim e acontece todas as quartas-feiras, nos turnos manhã e tarde.

Ela usou esse exemplo para avivar os jovens acerca da função da igreja, principalmente a dos últimos dias. “Se a igreja quer subir, procure seu motivo de existir. Isso também é JPN!” A terceira manhã do evento terminou com muito aprendizado e salvação!

Nos acompanhe em nossas redes sociais (Facebook – @jpnbrasil10 / Instagram – @jpnbrasil) e se você não pode estar presente nos próximos dias de programação, nos acompanhe pelo VerboTVno YouTube.

Deixe uma resposta